Bruno Henrique do Flamengo é pego usando CNH falsa

Flagrado no fim do mês passado dirigindo com uma CNH “fria”, o jogador do Flamengo Bruno Henrique pode responder pelo crime de porte de documento falsificado, com pena prevista de até seis anos de prisão, acrescida de multa.

Porém, quando se trata estritamente da legislação de trânsito, não existe penalidade ao atleta na condição de motorista: ele não vai acumular pontos no prontuário da Carteira Nacional de Habilitação. Além disso, o atacante não terá nenhuma restrição ou impedimento para tirar uma CNH legítima.

Categorias: Esporte,Galeria de Fotos