IVAIPORÃ – “Golpe do Sequestro” apavorou família no Distrito de Jacutinga

Uma idosa entrou em desespero acreditando que tudo fosse verdade. Sua filha está sugerindo uma espécie de código ou senha, para evitar o trote .

Iracilda Justino,  a “Professora Ira”, que reside no Distrito de Jacutinga, em Ivaiporã, enviou uma sugestão de matéria para a nossa reportagem, neste dia 1º de junho, de 2018, após sua mãe ter sido vítima de uma tentativa de “Golpe do Sequestro”. O desespero da idosa foi tão forte, que Iracilda sugeriu que as famílias criem uma espécie de senha ou código, para que os pais, ou quem estiver em casa, possa identificar se realmente é um sequestro ou um trote. Veja na íntegra, o relato de Iracilda, de como tudo ocorreu: “Olá, Ronaldo, boa tarde! Hoje minha família ficou assustada. Sou moradora do Distrito de Jacutinga, e pela manhã, eu saí com meu esposo para fazer compras na cidade de Ivaiporã. Por volta das 12:00 horas, minha mãe, de 72 anos, recebeu uma ligação dizendo que haviam me sequestrado e, ao fundo, uma moça gritando para minha mãe com os seguintes dizeres: ‘mãe me ajude pelo amor de Deus´. Ela, a suposta filha estava chorando e implorando por ajuda. O rapaz se identificou e a todo momento ele perguntava para a minha mãe se ela confiava nele. Minha mãe entrou em desespero e acabou desligando o telefone. Chorando e sem muita experiência em mexer no celular, ela tentou ligar para mim, mas dava fora de área, o mesmo aconteceu com o celular do meu marido. Por fim, desesperada, ela conseguiu ligar para minha filha, que é sua neta, a qual, depois de muitas tentativas, conseguiu contato com o meu celular. Falei com ela e a tranquilizei; também pedi para que ligasse para a minha mãe e a tranquilizasse. Vivendo esta experiência terrível, percebi que as famílias devem criar uma senha, quando isso ocorrer. para que as pessoas saibam se é de fato um sequestro ou um trote. Graças a DEUS, estou bem. E tudo não passou de um sequestro falso”, informou Iracilda. Não foi acionado a polícia, por ter sido muito rápido e pelo motivo da filha de Iracilda ter demorado a entender o que realmente se passava. Fica então o alerta para toda região, pois até mesmo pessoas que tem conhecimento do trote, muitas vezes são ludibriadas e acabam caindo na pegadinha que já provocou mortes, por causa do alto nível stress levando a infarto,  e muitos prejuízos.

Com informações: Blogdoberimbau

Categorias: Destaque,Galeria de Fotos